Bem-vindo(a) ao mundo do amor. Hoje é

sexta-feira, 19 de junho de 2015

O amor aos animais

Porque amamos tanto os animais de estimação ?

Um grupo de cientistas, liderados pela antropóloga americana Pat Shipman, da Universidade de Pensilvânia, afirma que a conexão entre humanos e animais é algo tão enraizado que foi moldado pela nossa evolução. De acordo com Pat, nosso cérebro está programado para prestar atenção aos animais. Isso seria uma consequência do uso de animais como companheiros de caça em tempos antigos, o que era essencial para a nossa sobrevivência como espécie.
Já os psicólogos e sociólogos possuem outra explicação, muito mais ligada à transformação social das últimas décadas. No começo dos anos 70, por exemplo, não se vendia ração para animais, e lugar de bicho era no quintal. Foi só com a diminuição  e verticalização  das moradias e o aumento da renda brasileira, no fim dos anos 90, que os animais foram trazidos para dentro de casa, dividindo o sofá com a família. E essa proximidade física teve como consequência uma proximidade emocional. 
O fotógrafo e jornalista americano Jon Katz, autor de sete livros sobre a relação do homem com os animais, propõe que as pessoas gostam dos bichos porque eles não contrariam as pessoas, porque são relações mais puras e simples. De acordo com Kats, com os bichinhos não há grandes dramas, conflitos, crueldades, decepções, como experienciamos com outros humanos, e isso gera esse amor.
Fonte: Bolsa de Mulher Pet
Na minha opinião, os animais são criações de Deus assim todas as outras coisas, como a natureza, o céu, etc. E concordo com algumas características afirmadas, por causa que tenho a certeza de que os animais são capazes de aquecerem nossos corações. Eles não reparam na roupa que vestimos, não nos tratam melhor se tivermos uma renda boa, não grita conosco ignorantemente, muito pelo contrário, não há como ficarmos com a estima baixa, pois às vezes num momento de raiva, de ignorância, ou nervosismo só recebemos aquele calor das patinhas, ou um profundo e amável olhar, ou um pulo em nosso colo, ou tudo isso junto. Os animais realmente são incríveis, e eu posso afirmar isso, pois tive uma companheira 14 anos do meu lado, literalmente, e até hoje quando trato desse assunto me emociono, pois quando ela ficou bem doente eu cheguei perto dela e pedi pra que ela não partisse e incrivelmente ela reuniu forças e se recuperou, porém depois de alguns meses Deus a levou daqui e eu estive ao lado dela até seu último suspiro. Mas eu O agradeço muito por ter me contemplado com um amor tão sincero, puro, altruísta, e verdadeiro. A Beybe marcou minha infância, minha adolescência e minha vida atual; com ela aprendi muita coisa, e como eu queria hoje que ela não tivesse ido, pra ouvir o latido insistente dela, pois nisso ela era brasileira, e não desistia mesmo. Porém ainda existem muitos animais de vários tipos e raças, e basta que eu aviste algum para expressar meu amor por eles. Por isso e muito mais que tenho o amor aos animais.
Beybe, minha companheira de anos.

Um comentário:

  1. Sempre tive animais de estimação e não imagino a vida sem eles.

    Beijo

    ResponderExcluir